(31) 3398-4300
(31) 2559-0336
Blog
Dicas Centro Geriátrico Cristo Rei
Como escolher o melhor residencial geriátrico?

Como escolher o melhor residencial geriátrico?

Como escolher o melhor residencial geriátrico?

 

A opção de hospedar um parente idoso em um residencial geriátrico nunca é fácil! Muitas são as dúvidas e as dificuldades emocionais que acometem os membros das famílias neste momento de decisão tão importante.

 

Várias questões devem ser levadas em consideração. Desde se é o momento certo para hospedá-lo, até quais as necessidades que devem ser atendidas, que variam muito de caso para caso.

 

Se você se encontra nesta situação, este artigo é um primeiro passo para te ajudar a como escolher o melhor local e o que observar. Confira algumas dicas!

 

 

1. Qual a estrutura do local

Diversos são os fatores a serem considerados na hora de escolher a melhor estrutura para receber um idoso. Claro, alguns deles vão depender das necessidades de cada um, mas alguns itens básicos devem ser observados, como:

  • Alvarás de funcionamento;
  • condições de higiene (quartos, banheiros, cozinhas, áreas comuns etc);
  • acessibilidade;
  • barras de segurança;
  • rotina em casos de emergência.
  • convênio para remoção médica, etc.

 

2. Quais atividades e serviços são oferecidos

Como novo lar do idoso, o residencial geriátrico se torna o lugar onde ele passa a maior parte do tempo, senão todo ele. Por isso, é fundamental que existam atividades recreativas e serviços essenciais para que ele tenha mais qualidade de vida. Confira alguns:

  • Terapia Ocupacional;
  • dança;
  • fisioterapia;
  • acompanhamento médico;
  • nutrição;
  • enfermagem;
  • integração e lazer, entre outros.

 

 

3. Qualificação da equipe

É muito importante identificar se os atendentes possuem qualificações técnicas para cuidar com excelência do seu idoso. O ideal é que o centro geriátrico tenha cuidadores, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogos, terapeutas, médicos etc. E que cada um destes profissionais seja devidamente qualificado. Afinal, eles têm funções diferentes no cuidado ao idoso.

 

 

4. Quais as referências do residencial?

Um bom centro geriátrico terá, consequentemente,  uma boa reputação. Afinal, trata-se do cuidado com o ser humano, sendo assim, qualquer falha seria o suficiente para manchar o nome da instituição.

Procure referências com amigos e familiares, pesquise na internet, redes sociais. Veja as avaliações e descubra o que as pessoas pensam do lugar. Ouvir recomendações de quem já teve que escolher um residencial para um parente, ou dos próprios idosos internos, pode ser decisivo na escolha do lugar ideal.

 

 

5. Quais as cláusulas do contrato?

Como qualquer prestação de serviço, a hospedagem em um residencial geriátrico também possui um contrato. E por se tratar de um serviço diretamente ligado à saúde de um ente querido, é fundamental se atentar aos detalhes do documento antes de assiná-lo.

Certifique-se quanto às garantias oferecidas, as cláusulas sobre pagamentos, se há fornecimento de fraldas geriátricas, alimentação extra ou medicamentos, por exemplo. Verifique também quanto a possibilidade de visitas e de saída do idoso quando necessário.

Avalie ainda, quais os direitos e deveres que você terá como responsável pelo idoso, assim também como o do idoso.

 

 

Conclusão

Escolha um serviço profissional e humanizado, em um ambiente saudável e adequado às necessidades do idoso.

Essa é a missão do Centro Geriátrico Cristo Rei. Um lugar especial, adaptado à oferecer aos seus moradores e clientes muita tranquilidade, segurança e o apoio adequado para suas principais necessidades: alimentação, higiene, descanso, lazer e convívio familiar. Venha nos visitar!

14 / Dez / 2018
Centro Geriátrico Cristo Rei

Comente essa publicação